Como fazer cache corretamente do meu Site?

Como reduzir o custo de Hospedagem do meu Site?

Muitas vezes, quando pensamos em velocidade de acesso ao site, concentramos na camada de aplicativo em si. Nós olhamos para servidor HTTP, a camada de banco de dados e trabalha para otimizar o máximo possível.

Há muito mais que podemos fazer para acelerar as coisas. Se você estiver usando o WordPress ou não, qualquer site pode ser aplicado. No entanto, vamos usar o WordPress como o nosso caso de teste.

Teste sua velocidade do Web site

Há ferramentas baseadas na Web de teste de velocidade que irá ajudar com esta etapa. Dê uma olhada no WebPagetest, ferramentas Pingdom e Chrome do Google plugin de PageTest que se integra direito em seu navegador. Se você estiver usando o Firefox, dê uma olhada no YSlow.

Se você já tem o WordPress plugin W3 Total Cache instalado, que também se integra com o Google Speed Test através de uma chave de API. Que se integra à direita em seu painel WordPress.

Reduzir o Conteúdo

A primeira coisa que você pode fazer para melhorar o desempenho da página, é tornar a página mais simples. Imagens mais leves, CSS e JS menores e minificados, menos widgets e assim por diante, tudo contribui para uma página mais rápida para os buscadores ajudando no SEO e para seus visitantes.

Obviamente você não vai querer perder certas funcionalidade, mas se você estiver carregando os 20 segundos, você pode querer reduzir para cinco ou dez. Se você está chamando muitas APIs de terceiros para carregar Botão de Like, Compartilhamento, etc, considerar mais tempo para carregamento.

Se você tiver acesso ao código HTML, sempre deve tentar reduzir o número de objetos DOM que são criados. Estrutura mais simples, aqui, significa menos tempo de carregamento de página.

Hospedagem Apropriada

Cada tipo de aplicação depende de um servidor com configurações especificas pensando em segurança, velocidade e custo. Uma Hospedagem de Site adequada pode reduzir muito o tempo de carregamento das páginas do seu site. Cache na Memória e Micro Cache também significa menos tempo de carregamento de página.

Cache do navegador

O primeiro cache que qualquer usuário da Web teria notado é o cache em seu navegador. Quantas vezes os desenvolvedores pediram que você pressiona-se CTRL + f5 para ver as alterações? Caches do navegador são simples, é um bom ponto de partida para começar a explicar os conceitos de cache. Um navegador armazena temporariamente páginas da Web visitadas no computador de um usuário, normalmente atualizando-as uma vez por sessão ou você pode forçar o cache para reduzir o uso de Tráfego da sua Hospedagem.

Cache do navegador é mais complicado. No cabeçalho do seu servidor HTTP é possível enviar a data de expiração do cache de cada CSS, JS, etc, dessa forma você pode forçar o navegador do usuário a armazenar estes conteúdos por um tempo e não consultar novamente a sua Hospedagem reduzindo o volume de acessos e diminuindo o tempo para carregar o site.

CDN

As opções de CDN para o cache geralmente é necessário em grandes sites com mais de 5TB de Tráfego ou Visitantes por todo mundo, em vez de colocar um cache entre seu servidor HTTP e o usuário, os CDNs servem aos usuários em conjuntos, e o cache são geograficamente mais próximos dos visitantes.

É uma diferença sutil, mas para grandes sites com audiências globais pode fazer uma diferença significativa no custo e velocidade de acesso. É muito importante entender como funciona fazer cache usando CDN pois você deve observar na sua página que ela não pode mudar com frequência, ou seja não adianta querer fazer cache de um sistema empresarial, pois toda informação ali contida muda a todo tempo, neste caso não deve reduzir o tempo de carregamento.

Dúvidas?

Entre em contato conosco, teremos prazer em atendê-lo.

Telefone

(34) 3517-7093