Entenda o que é e como funciona o serviço de DNS gratuito!

Entenda o que é e como funciona o serviço de DNS gratuito!

Acessar sites é um processo tão corriqueiro que nem mais nos perguntamos sobre quais ferramentas garantem uma conexão rápida e direta para as páginas que mais amamos. Neste post, conheceremos os responsáveis por uma navegação otimizada: os serviços de DNS gratuito. Descobriremos também um pouco da história dessa invenção revolucionária. O DNS foi criado em 1983, pelo cientista da computação Paul Mockapetris. A invenção deu tão certo que o autor foi imortalizado como importante inovador no Internet Hall of Fame. Entenderemos melhor o sistema que tornou Mockapetris tão famoso. Confira!

O que é um DNS?

É a sigla para Domain Name System (sistema de nome de domínios). Uma definição simples é a de que esses sistemas realizam a ligação entre um determinado domínio e um número de IP — um protocolo de internet. Para conseguir ser encontrado e devidamente acessado pelos usuários, toda página na internet precisa ter um endereço IP (Protocolo de Internet).

Para que serve?

Criado no início da década de 80, o DNS trouxe mudanças importantes e garantiu o acesso global à rede mundial de computadores. Permitiu, enfim, a distribuição e troca de informações entre computadores distantes uns dos outros. Como cada site contém uma numeração única, o DNS permite que você digite um endereço em vez de uma longa sequência numérica. Convenhamos: seria especialmente complicado decorar várias sequências de quatro até doze dígitos para acessar nossas páginas preferidas.

Qual sua importância para a rede?

O sistema favorece muito a qualidade da navegação dos usuários. Ele é o responsável pela redução de espera do processo em que os domínios são traduzidos para os seus respectivos IPs. Quando o DNS não está bem configurado, o tempo necessário para receber os dados requisitados na rede será maior.

Qual é a melhor opção de DNS gratuito?

É possível utilizar servidores DNS públicos, opções alternativas diferentes daquelas fornecidas pelo provedor de acesso à internet. Algumas dessas opções gratuitas contam com funcionalidades para agilizar a sua navegação e a resposta aos seus comandos de entrada em sites. Segurança em ambientes digitais nunca é demais, e algumas dessas opções que mostraremos levam muito a sério esse quesito. É necessário acessar as conexões de rede do computador para modificar os endereços. Conheça alguns serviços populares de DNS gratuito.

Google Public DNS

É uma opção básica, mas funcional, traduzindo de forma otimizada os domínios para os IPs. Para utilizá-los corretamente, os dados são os seguintes:
  • 8.8.8.8 (servidor primário);
  • 8.8.4.4 (servidor secundário).
E no IPv6:
  • 2001:4860:4860::8888;
  • 2001:4860:4860::8844.

OpenDNS

Outro serviço bastante interessante é o OpenDNS, que possibilita algumas opções como proteção contra sites falsos e mecanismos de proteção parental, ideal para garantir que as crianças não acessem conteúdos impróprios. Os endereços de acesso são:
  • 208.67.222.222 (servidor primário);
  • 208.67.220.220 (servidor secundário).
Recentemente, em novembro de 2018, outro bom serviço, o tradicional Norton ConnectSafe, encerrou suas atividades. Além dessas duas opções apresentadas, o DNS Benchmark é um programa útil para mensurar o melhor serviço da sua região. Para usuários de computadores Apple, uma boa opção é o Namebench. Como vimos no post, o sistema de nome de domínios é uma ferramenta que acessamos regularmente, mesmo que não tenhamos ciência disso. O DNS é um grande pilar da internet como a conhecemos hoje. Há boas opções de DNS gratuito para quem deseja acelerar a navegação e obter um nível maior de segurança, garantindo um acesso tranquilo à rede. Gostou do nosso post e quer receber mais conteúdos como este? Então assine a nossa newsletter e receba nossas atualizações em seu e-mail!

Compartilhe isso: