AntiSpam: acabe de uma vez por todas com os e-mails indesejáveis

AntiSpam: acabe de uma vez por todas com os e-mails indesejáveis

Você já deve ter recebido algum e-mail indesejado de alguma empresa oferecendo um produto ou serviço que não lhe interessava. Esse tipo de e-mail é conhecido como spam. Caixas de correio lotadas de mensagens não solicitadas acabam impactando na produtividade da sua empresa, foi então que o Anti-Spam surgiu para remediar essa situação. Neste artigo vamos explicar o que é um antispam, para que serve e como ele pode auxiliar na economia e produtividade da sua organização. Além disso, vamos mostrar 5 dicas para evitar que seus e-mails corporativos sejam filtrados por esse recurso.

O que é e para que serve um Anti-Spam?

O antispam é um recurso ou ferramenta que filtra e-mails não desejados, nocivos ou não solicitados pelo usuário. Todos as correspondências virtuais recebidas pelo usuário são filtradas e marcadas como desejadas ou indesejadas. As desejadas são enviadas para a caixa de entrada e as indesejadas são assinaladas como spam. Cada ferramenta de filtragem de e-mails utiliza técnicas diferentes para barrar os spans. Porém, a maioria utiliza análises para identificar alguns padrões que são classificados como indesejados pelo usuário. Além disso, o antispam ajuda a garantir a segurança da informação da empresa, já que ele identifica e-mails falsos que são utilizados para roubar dados dos usuários.

Como o antispam pode ajudar a sua empresa?

Os recursos de filtragem de e-mails podem auxiliar a melhorar a economia e produtividade da sua organização. Ao classificar automaticamente e-mails como desejados ou indesejados, o recurso faz com que o funcionário economize tempo pois não terá distração ou pior, ter que fazer esforço diário para limpar sua caixa de e-mail. Ademais, a ferramenta antispam tem recursos para averiguar a confiabilidade de um endereço de e-mail, alertando o usuário quando uma mensagem recebida não for confiável para ser aberta. Esses recursos evitam que as empresas caiam em fraudes eletrônicas, vulnerabilidade digital, vírus e tenham seus dados acessados por terceiros.

Minha empresa trabalha com e-mail marketing, então como evitar o antispam?

Se o seu negócio envia newsletters e outros comunicados para os seus clientes, daremos algumas dicas para evitar que o seu e-mail caia em algum filtro e acabe na caixa de spam.

Não compre lista de e-mails

Ao utilizar contatos de uma lista comprada, sua empresa gastará dinheiro à toa e alimentará um exercício desonesto de entrar em contato com pessoas que não lhe deram permissão para isso. Além de correr um grande risco de comprar informações incorretas e desatualizadas, a chance de as pessoas se irritarem com o recebimento do e-mail da sua organização será grande.

Escreva um título impossível de não ser aberto

Não adianta ter um conteúdo maravilhoso se as pessoas não se sentem instigadas a abrir o seu e-mail. Portanto, capriche na criatividade na hora de escrever o título.

Personalize seus e-mails

Ao colocar o nome do destinatário, sua empresa torna a comunicação mais pessoal, mais personalizada.

Não envie e-mail com alta frequência

Somente envie e-mails necessários, pois um dos principais motivos para as pessoas se descadastrarem de uma newsletter é a alta frequência dos envios.

Evite e-mails longos

Vá direto ao ponto, pois quanto mais longo o comunicado for, maior é a chance de as pessoas se aborrecerem e pararem de ler. Não desperdice o tempo dos seus clientes, fale somente o útil e de forma breve. Agora que você aprendeu o que é um antispam, como ele pode beneficiar o seu negócio e como evitar que os e-mails que sua empresa envia para os clientes caiam na filtragem, saiba como funciona o anti spam cloud da Brasil Work!

Compartilhe isso: